Zé Miguel Wisnik sobre poema de Carlos Drummond de Andrade - ANOITECER

from by ZÉ MIGUEL WISNIK

/

about

"Canção sobre poema de Carlos Drummond de Andrade, já gravada em 'Pérolas aos poucos', e regravada aqui em homenagem aos sinos harmônicos do violão de Arthur Nestrovski e da percussão de Sergio Reze."

lyrics

é a hora em que o sino toca,

mas aqui não há sinos;

há somente buzinas,

sirenes roucas, apitos

aflitos, pungentes, trágicos,

uivando escuro segredo;

desta hora tenho medo.

é a hora em que o pássaro volta,

mas de há muito não há pássaros;

só multidões compactas

escorrendo exaustas

como espesso óleo

que impregna o lajedo;

desta hora tenho medo.

é a hora do descanso,

mas o descanso vem tarde,

o corpo não pede sono,

depois de tanto rodar;

pede paz - morte - mergulho

no poço mais ermo e quedo;

desta hora tenho medo.

hora de delicadeza,

gasalho, sombra, silêncio.

haverá disso no mundo?
é antes a hora dos corvos,

bicando em mim, meu passado,

meu futuro, meu degredo;

desta hora, sim, tenho medo.

credits

from __________________, released June 20, 2011
voz _Zé Miguel Wisnik
violão _Arthur Nestrovski
bateria e gongos _Sergio Reze

tags

license

all rights reserved

about

indivisível São Paulo, Brazil

contact / help

Contact indivisível